Notícias

Dengue: Ibirá reforça ações de combate à doença e realiza mais uma reunião da Sala de Situação

Nova metodologia de trabalho permite mais aceleração no controle do mosquito e agentes iniciam mutirão nas ruas

O combate ao mosquito da dengue voltou a ter ações intensificadas no município de Ibirá.
No dia 30 de abril foi realizada mais uma reunião da Sala de Situação da Dengue, que tratou sobre medidas e redirecionou o trabalho já em desenvolvimento.
O encontro aconteceu na Secretaria Municipal de Saúde, às 14 horas, e contou com a participação de profissionais da Vigilância Sanitária e Epidemio-lógica, enfermeiras e agentes de saúde.
Na ocasião, foi apresentado o levantamento dos casos registrados da doença na rede municipal de saúde.
A secretária da saúde, Eruska Bueno, revelou que na reunião foram definidas novas frentes de enfrentamento da dengue, assim como metodologias mais combativas. "A partir de agora, iremos desenvolver um trabalho de aceleração no combate à dengue, com ações mais rápidas, assim que identificados os criadouros", explicou a responsável pelo departamento.
O responsável pela Vigilância Sanitária e Epidemiológica, o médico José Francisco Mota, disse que foi definida uma meta, que é fazer o BCC (Bloqueio de Controle de Criadouros) nas áreas em que forem identificados os sus-peitos. "Estamos intensificando o levantamento dos casos suspeitos e faremos o bloqueio em 100% desses pontos", relatou o médico.

Ação nas ruas teve início: deixe o agente entrar

A ação de rua para a realização do controle da dengue está em desenvolvimento, a todo vapor em Ibirá.
Pelo menos oito ACE's (agentes de controle de endemias) estão em campo, identificando os criadouros e ministrando o bloqueio, com técnicas de pulverização química.
Além disso, o município recebeu um novo veneno, chamado de cielo, formulado para matar o mosquito Aedes aegypti, que se tornou resistente às fórmulas antigas.
A prefeitura reforça o pedido para que os moradores deixem os agentes de saúde e de vigilância epidemiológica entrarem nas residências. "Estamos com aumento de casos de dengue e precisamos do apoio e da compreensão da população. Se receber um agente, deixe-o entrar para inspecionar a casa. O profissional não oferece risco à saúde de ninguém, pelo contrário, ele está capacitado para controlar possíveis problemas maiores", finaliza a administração.



Fonte: http://avpgraficaejornal.com.br/layout/index.php/2020/05/07/dengue-ibira-reforca-acoes-de-combate-a-doenca-e-realiza-mais-uma-reuniao-da-sala-de-situacao/